SBT, Record e RedeTV! negociam com a Vivo para manter transmissão

SBT, Record e RedeTV! negociam com a Vivo para manter transmissão

Os sinais do SBT, Record e RedeTV! deixarão de ser transmitidos na Grande São Paulo às 23h59 pelas operadoras de TV paga Net, Claro, Embratel, Oi e Sky. A única operadora de televisão por assinatura que continuará, por ora, a passar a programação dessas emissoras será a Vivo, que continua a negociar com a Simba, a empresa que representa os canais. Uma fonte a par das negociações afirma que a Vivo já se dispôs a pagar uma quantia pelo sinal digital dos canais.

Em nota, a assessoria de imprensa da Simba afirma que as negociações com a operadora “avançam de maneira positiva” e que a empresa decidiu manter o conteúdo do SBT, Record e RedeTV! disponível para os assinantes da Vivo enquanto as conversas ocorrem. “Esperamos que as outras operadoras, Net, Claro, Embratel, Oi e Sky, tenham a mesma sensibilidade da Vivo, para não prejudicar o assinante de televisão paga no Brasil”, diz o texto.

A maior reclamação das três emissoras era de que as empresas de televisão fechada não concordaram em pagar pelos direitos de transmissão do sinal digital de seus canais, procedimento natural para exibir a programação de TVs nacionais e estrangeiras. Por isso, durante o último fim de semana, Record, SBT e RedeTV! anunciaram que não disponibilizariam mais seu conteúdo na TV paga a partir desta quarta, data marcada para o corte do sinal analógico na Grande São Paulo.

Em uma espécie de contraofensiva, operadoras como Net e Sky desligaram o sinal das três emissoras na segunda-feira em Brasília, antes do prazo estipulado, já que a capital federal já havia cortado o sinal analógico em 17 de março.

No fim de semana, os canais criaram a campanha #QueremosContinuarComVC, com vídeos de seus principais apresentadores, como Luciana Gimenez, Ratinho e Rodrigo Faro, para defender a continuidade da presença das emissoras em pacotes pagos. Luciana, por exemplo, diz que não é justo que as operadoras não queiram pagar pelo conteúdo da TV aberta e convida seus fãs a cobrarem uma posição de seu serviço de TV paga.

msn

29/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *