Roubo constante de cabos no Pontal da Barra prejudica iluminação

Foram três roubos de cabos em menos de nove meses na Avenida Alípio Barbosa. – Foto: Afranio Aquino

Em uma parte da Avenida Alípio Barbosa, no bairro do Pontal da Barra, o roubo de cabos de alumínio tem impedido que a via seja iluminada pela Prefeitura de Maceió. A Superintendência Municipal de Energia e Iluminação Pública (Sima) vem substituindo o material furtado, mas a ação criminosa continua a ser frequente no local.

Foram três furtos em menos de nove meses, segundo os registros da Sima. A área dá aceso a Lagoa Mundaú e do outro lado, há apenas um muro. O prejuízo aos cofres municipais não pode ser calculado, já que envolve não só a fiação, mas a substituição de lâmpadas e reatores queimados.

O prejuízo não é só material, mas também social, já que os moradores da região ficam sem iluminação, trazendo insegurança aos que precisam utilizar a via diariamente para se locomover para o trabalho, estudar e outras tarefas do dia-dia.

Para tentar diminuir a frequência dos roubos, a Prefeitura de Maceió, através da Sima, solicitou nesta segunda-feira (27) uma parceria com a Braskem. A intenção do superintendente Frederico Lins é que a empresa possa utilizar de sua segurança particular para observar a região.

“Quando acontece esse tipo de ação, não é só repor os cabos furtados, porque acontecem curtos circuitos que sobrecarregam o sistema e queimam as lâmpadas e os reatores. Somente depois de uma avaliação é que acabamos sabendo o total do custo para o poder municipal”, disse o superintendente”

A Sima pede a população que ao observar o furto de cabos ou postes com luminárias apagadas, informe a infração através de um dos canais de atendimento da superintendência: o Disque Luz(0800 031 9055, telefonando de um telefone fixo a ligação é gratuita), o site da prefeitura de Maceió (www.maceio.al.gov.br/disqueluz) ou o aplicativo Cidade Iluminada (acessando o Google Play ou o Apple Store para baixar).

Ascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *