Radar na BR-104 em Rio Largo foi consertado

Por questões de segurança, não houve aplicação de nenhuma multa no trecho durante a quinta-feira

Nesta sexta-feira (10), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio da Superintendência Regional de Alagoas, informou que o problema de leitura de um radar localizado na BR-104 em Rio Largo já foi consertado. O problema ficou conhecido após um condutor realizar um vídeo e divulgar nas redes sociais.

O Dnit disse também que todos os equipamentos em operação no estado de Alagoas estão aferidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e possuem certificação.

Segundo a nota, assinada pelo analista em Infraestrutura de Transportes, Jonathan da Fonseca Trindade, “o equipamento pode apresentar defeito por motivos diversos como queda de energia, alimentação insuficiente, curtos-circuitos, peças com defeito, entre outros. Isso não significa que o referido equipamento sempre esteve com defeito, tampouco que os demais equipamentos apresentam defeitos”.

O problema foi informado à empresa responsável pelo radar. Eles constataram que o problema ocorreu no display de exibição de velocidade. O Dnit divulgou que realmente a velocidade mostrada estava errada, como no vídeo, quando o condutor passa aos 30 km/h, enquanto o radar apresenta 53 km/h.

“Entretanto, foram autuados pelo equipamento apenas os veículos que efetivamente transitaram acima da velocidade permitida”, diz trecho da nota. Por questão de segurança, a empresa pediu que não houvesse multas até a solução do problema. Portanto, durante a quinta-feira (9) inteira ninguém foi autuado.

“Informamos que o problema foi solucionado pela empresa responsável e que o equipamento está operando adequadamente”, encerrou o órgão nacional.

tribuna

10/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *