Polícia apreende bens da família de Bashar Al-Assad na Espanha

Tio do presidente sírio, Rifaad al Assad é suspeito de desvio de fundos públicos e lavagem de dinheiro.

A Justiça espanhola ordenou buscas nesta terça-feira (4) no balneário de Marbella (sul) tendo como alvo bens da família Assad na Espanha, em particular pertencentes ao tio do presidente sírio, Bashar al-Assad, revelou uma fonte judicial.

As buscas da Guarda Civil, realizadas principalmente em Puerto Banús (Andaluzia), ocorrem devido a uma investigação francesa sobre Rifaad al Assad por suspeitas de desvio de fundos públicos e lavagem de dinheiro.

O patrimônio imobiliário de Rifaat e de sua família na Espanha é avaliado em 691 milhões de euros, segundo a Justiça, que informou que “todas as propriedades foram embargadas”.

“O juiz José de la Mata coordena uma operação judicial contra Rifaat al Assad, tio do atual presidente da Síria, por crime de lavagem de dinheiro cometido por organização criminosa em Puerto Banús e Marbella”, indicou esta fonte.

O tio do presidente foi expulso da Síria por Hafez al-Assad, pai de Bashar al-Assad, nos anos 1980, por medo de que orquestrasse um golpe de Estado contra ele.

Segundo a Justiça, este poderia ter entregado a Rifaat mais de US$ 300 milhões procedentes dos cofres do Estado que serviram para que adquirisse bens na França.

g1

04/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *