Operação policial termina com 19 presos e quatro mortos em Arapiraca

Operação policial termina com 19 presos e quatro mortos em Arapiraca

A Secretaria de Segurança Pública de Alagoas (SSP/AL) continua intensificando as ações de combate à violência e a criminalidade em todo o estado.

Nesta quarta-feira (15), uma megaoperação foi realizada na cidade de Arapiraca, mais precisamente nos bairros Manoel Teles e Conjunto Valentim.

A ação ocorreu principalmente nos bairros Manoel Teles e Valentim e teve a participação de 60 viaturas da Polícia Militar e Polícia Civil. A operação teve como objetivo dar cumprimento a 37 mandados de prisão e 53 de busca e apreensão, expedidos pela 17ª Vara Criminal da Capital.

O trabalho também contou com o apoio do Grupo de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc).

Durante a operação, quatro acusados reagiram às investidas da polícia e foram baleados.

Eles chegaram a ser socorridos e encaminhados para o Hospital de Emergência Daniel Houly, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no momento em que recebiam atendimento médico.

Um deles foi identificado como Claudenilson da Silva e os corpos dos outros três homens ainda estão sem identificação no Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca.

A ação também contou com a participação do comandante Geral da Polícia Militar, coronel Marcos Sampaio, do comandante do 3º Batalhão de Polícia Militar de Arapiraca, Enio Bolivar, do delegado Geral da Polícia Civil, Paulo Cerqueira, e do diretor da Deic, delegado Mário Jorge.

Foram apreendidas armas de fogo, drogas, balança de precisão, telefones celulares e dinheiro com as nove pessoas detidas, entre elas cinco mulheres e dois menores.

Os nove presos foram encaminhados para a Central de Polícia de Arapiraca. Os dois menores serão levados para a delegacia especializada.

Ainda na manhã desta quarta-feira (15), o secretário de Segurança Pública, coronel Lima Júnior, concedeu entrevista coletiva para apresentar o resultado da megaoperação integrada realizada em Arapiraca e outras cidades do Agreste alagoano.

Lima Júnior destacou o compromisso e o zelo do setor de segurança pública um trabalho de investigação que durou três meses.

De acordo com o secretário, 19 pessoas foram detidas, sendo 18 em Arapiraca e um homem na cidade de São Miguel dos Campos. O bando é acusado de 15 homicídios na região.

“Todas essas pessoas estão envolvidas em homicídios, roubos e tráfico de drogas”, completou Lima Júnior.

tribuna

15/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *