MPF recebe novas denúncias contra a diretoria da CBF

MPF recebe novas denúncias contra a diretoria da CBF

Apesar do clima de aparente tranquilidade em sua sede, no Rio, a CBF continua alvo de uma série de denúncias que tem chegado em série ao Ministério Público Federal. Quem coordena esse trabalho é um grupo de ex-funcionários da entidade. Na terça-feira (28), o MPF recebeu mais um dossiê sobre supostas irregularidades cometidas pelo presidente Marco Polo Del Nero e seus auxiliares mais próximos.

A resposta do MPF é protocolar. O material está sendo juntado para análise. A remessa dos documentos é sempre endereçada ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, e também ao coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. Segundo os denunciantes, haveria indícios de que parlamentares investigados na Lava Jato teriam relação muito estreita, e ilícita, com parte da cúpula do futebol brasileiro.

Até o momento, no entanto, o MPF não pediu à Justiça a abertura de nenhuma ação contra a CBF ou alguns de seus dirigentes. Por outro lado, a confederação nega que tenha cometido alguma ilegalidade na gestão de Del Nero.

Marco Polo Del Nero foi indiciado pela Justiça dos EUA em 2015 por crimes de corrupção. Desde o final de maio daquele ano, ele deixou de viajar para o exterior, com receio de ser preso pelo FBI.

terra

30/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *