MP vai recorrer de sentença que absolveu PMs acusados da morte de suspeito

Os três policiais militares eram acusados de empurrar do telhado um suspeito de roubo, atirar no homem e matá-lo em seguida em São Paulo

O Ministério Público vai recorrer da decisão da Justiça que absolveu três policiais militares acusados pela morte do suspeito de um assalto. Fernando Henrique da Silva, de 23 anos caiu ou teria sido jogado de um telhado, na Zona Oeste da capital, no dia 7 de setembro de 2015, durante uma perseguição.

Os três policiais militares eram acusados de empurrar do telhado um suspeito de roubo, atirar no homem e matá-lo em seguida em São Paulo. Os jurados aceitaram a versão dos réus, de que eles atiraram para revidar os tiros que teriam disparados por Fernando Henrique.

Desse modo, os agentes, que estavam presos desde então no presídio Romão Gomes da Polícia Militar (PM), serão colocados em liberdade nos próximos dias.

Para a acusação, os agentes da Polícia Militar (PM) Flavio Lapiana de Lima, Fabio Gambale da Silva e Samuel Paes deveriam ser condenados pelo crime de assassinato porque executaram uma vítima desarmada, com dois tiros de cima para baixo.

As imagens feitas por um cinegrafista amador foram usadas no julgamento. Elas mostram o momento exato que o policial Samuel joga Fernando de uma altura de três metros. Após a queda, Flavio e Fabio mataram o suspeito, segundo a acusação. É possível ouvir o som dos tiros na gravação.

g1

29/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *