Humanité Complexo Médico Hospitalar é inaugurado em Maceió

Nelson Sampaio presidente do HUMANITÉ complexo hospitalar ao lado da responsável técnica Dra Julia Mendonça e do dr Augusto Almeida representante dos acionistas.

Foram inauguradas na última terça-feira (28) as instalações do Humanité Complexo Medico Hospitalar, na Gruta de Lourdes, em Maceió. A unidade conta com pronto atendimento 24 horas e hospital e tem como objetivo principal cuidar dos pacientes com o método da humanização.

A inauguração contou com a presença de aproximadamente 300 pessoas, entre colaboradores, investidores, representantes de operadoras de saúde e imprensa. Durante a cerimônia, o presidente do Grupo Humanité, Nelson Sampaio, falou sobre o diferencial do Complexo em relação a outras unidades hospitalares. “O foco aqui é a humanização. É fazer com que o paciente tenha uma estadia tranquila, num momento que muitas vezes é de fragilidade. Por isso temos espaços de convivência, onde eles podem circular durante o tratamento. Não queremos pacientes trancados em leitos”, afirma Nelson.

A unidade vai funcionar a partir do dia 3 de abril e está credenciada para atender o plano de saúde Ipaseal, que está em processo de reestruturação. A capacidade é de mais de 200 internações por mês. São 38 leitos distribuídos em apartamentos, enfermarias e UTI, além do pronto atendimento 24 horas. E, ainda esse ano, com a conclusão da segunda etapa de obras, que deverá somar ao todo 60 leitos, o complexo terá estrutura para atender duas mil pessoas todos os meses.

“Nós temos laboratório próprio, onde podemos fazer até 250 exames por hora. Além disso, possuímos uma rede para exames mais elaborados e também consultas médicas. A gente vai cuidar de pessoas. Nosso objetivo é fazer com que a pessoa saia daqui tratada. Bem. ” disse Júlia Mendonça, responsável técnica pelo Humanité Complexo Médico Hospitalar.

O representante dos investidores, o médico Augusto de Almeida, falou da importância em ter um hospital com esse perfil no estado. “Ter uma unidade como essa, onde tudo está interligado e as pessoas vão receber carinho, cuidado, é algo que precisávamos no estado de Alagoas”, ressalta.

Espaço Nise da Silveira – O principal objetivo do Humanité Complexo Médico Hospitalar é cuidar das pessoas. Por isso uma área externa de convivência foi construída para que os pacientes possam sair do hospital e ter contato com a natureza. Uma capela foi instalada em um espaço composto por pinturas em grafite, tudo inspirado no tratamento que a psiquiatra alagoana Nise da Silveira adotava com seus pacientes. Por isso, o rosto dela está desenhado em grafite em uma das paredes do espaço, inaugurado pela antropóloga Luitgarde Oliveira Cavalcanti Barros, amiga de Nise. “A proposta do hospital segue os caminhos da doutora Nise, que era cuidar dos pacientes com amor. Ela não admitia pacientes trancados nas enfermarias. Para ela, o tratamento só surtia efeito se eles pudessem conviver uns com os outros “, conta Luitigarde.

RC ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *