Governo tenta conter danos às exportações de carne

Governo tenta conter danos às exportações de carne

Temer afirma aos embaixadores de países importadores que produto brasileiro é seguro, anuncia auditoria em frigoríficos e diz que problemas descobertos pela PF são pontuais. UE ameaça suspender importações.O governo brasileiro tentou neste domingo (19/03) limitar os danos às exportações brasileiras de carne bovina depois de uma operação da Polícia Federal (PF), na sexta-feira passada, ter desbaratado um esquema de venda do produto com data de validade vencida ou mesmo estragado.

O presidente Michel Temer teve uma série de reuniões com ministros do seu governo e com cerca de 40 embaixadores dos principais países importadores de carne brasileira para discutir medidas que amenizem os eventuais impactos negativos da operação da PF, batizada de Carne Fraca. O Brasil é o segundo maior produtor de carne bovina do mundo e o maior exportador, fornecendo para mais de 150 países. A carne imprópria para consumo era destinada tanto ao mercado interno quanto à exportação.

Aos embaixadores dos países exportadores, entre eles EUA, China e nações europeias, Temer afirmou que o escândalo não significa que a carne brasileira ofereça riscos à saúde e reiterou a confiança do governo na qualidade do produto nacional. Segundo o presidente, o país tem 11 mil inspetores e apenas 33 estão sendo investigados. Das 4.837 unidades sujeitas a inspeção federal, apenas 21 são suspeitas de envolvimento em irregularidades. Os problemas descobertos são pontuais, afirmou.

terra

20/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *