Fubá reage bem em luta contra câncer: Não sabia que era tão querido

Aos 41 anos, ex-jogador de Corinthians, Fluminense e Portuguesa faz tratamento para combater um mieloma múltiplo. Fora do hospital, ele visitou a arena no sábado

Ex-volante com enorme identificação com o Corinthians, Gilmar Fubá sempre foi conhecido pelo porte físico e bom humor. No momento mais difícil de sua vida, ao enfrentar um mieloma múltiplo, um tipo de câncer de medula óssea, o ex-jogador de 41 anos segue mostrando força para se manter firme e otimista na difícil batalha que tem enfrentado desde o ano passado.

– Estou me sentindo bem para caramba. Entrei no segundo ciclo de quimioterapia, agora só vou ao hospital duas vezes por semana. Não tenho tido sintomas, não caiu cabelo, não tenho vômito. No começo foi difícil aceitar a doença, mas logo comecei a fazer palhaçada. Quando saí do hospital, todo mundo chorou, disse que sentiriam minha falta. Entreguei nas mãos de Deus e decidi viver minha vida normal, dando alegria para o povo. Tenho cabeça boa – afirmou.

Fubá descobriu a doença ainda em 2016, por conta de uma pneumonia. Uma biópsia feita em caroços que estavam aparecendo em seu corpo diagnosticou a doença, já em estágio avançada. Em início de tratamento, ele passou 40 dias internado no Hospital São Luiz, em São Paulo. Bastante querido, recebeu muito carinho nas redes sociais e apoio de ex-companheiros, que passaram a visitá-lo com frequência para mantê-lo motivado.

– O médico até mandou barrar, estavam indo 15, 20 pessoas por dia (risos). Eles faziam a maior bagunça. O Vampeta até tomou uísque e cerveja no quarto, ele e o Batata. Disseram que quem estava doente era eu (risos). Não sabia que era tão querido. A gente fica meio carente no hospital, mas apareceram muitos amigos, como Marcelinho Carioca, Neto…O Ronaldo (goleiro) ia todo dia – recordou.

Em curso na segunda fase da quimioterapia, Gilmar Fubá realiza sessões às segundas e sextas-feiras. No último sábado, ele acompanhou a vitória do Corinthians por 1 a 0 contra o Santos, pelo Paulistão, de um dos camarotes da arena.

– Eu precisava ir no estádio. Quando a gente fica internado, passa um filme na cabeça, lembrei dos jogos e deu saudade. Até chorei lá em Itaquera.

Pelo Corinthians, Fubá esteve em campo 131 vezes, marcando quatro gols. Cria da base, ele atuou pelo clube entre 1996 e 2000, vencendo um Paulistão (1997), dois brasileiros (1998 e 1999) e o Mundial de Clubes (2000). Passou ainda por clubes como Fluminense e Portuguesa.

O QUE É MIELOMA MÚLTIPLO

É um tipo de câncer de medula óssea, que afeta os as células plasmáticas, que são produtoras de anti-corpos normalmente presentes na medula óssea. Uma célula plasmática cancerosa é chamada de célula de mieloma.

Os sintomas típicos são: dores ósseas, anemia, problemas renais e fraturas patológicas. Infecções frequentes também são comuns porque o sistema imunológico fica comprometido. A doença é considerada grave e sem cura, mas o tratamento retarda a evolução do quadro.

ge

08/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *