Espelhos da redação do Enem 2016 começam a ser divulgados aos candidatos, diz Inep

É possível visualizar versão digitalizada do texto. Inep também divulga critérios de correção usados para atribuir nota ao candidato.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) afirma que começou a liberar, nesta terça-feira (11), o acesso aos espelhos das redações do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Os candidatos devem entrar no portal para visualizar a correção do texto que escreveram na última edição da prova.

De acordo com a assessoria de imprensa do instituto, o acesso será disponibilizado aos poucos aos participantes. A previsão é de que, em cerca de meia hora, todos possam ver os arquivos.

Os espelhos são uma versão digitalizada das redações, divulgada com fins pedagógicos. O Inep também publica as justificativas para as notas em cada uma das cinco competências exigidas no exame.

Data de divulgação

A princípio, os espelhos seriam divulgados na última segunda-feira, dia 10 de abril, de acordo com o Inep. No entanto, para não coincidir com a publicação do edital do Enem 2017, a data foi mudada para esta terça-feira.

Desde 2012, o Inep e o Ministério Público Federal (MPF) mantêm um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), no qual o governo federal se compromete a divulgar os espelhos até 60 dias após a divulgação das notas. Em 2017, as notas foram divulgadas em 18 de janeiro. Por isso, pelos termos do acordo, a divulgação dos espelhos deveria ter saído até meados de março.

No ano passado, os espelhos só foram liberados em 13 de junho, com três meses de atraso.

g1

11/04/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *