Dez brinquedos antigos que podem valer uma fortuna!

Alguns brinquedos podem ser considerados raros e, por isso, podem render um dinheiro extra (Crédito: Divulgação)

Sabe aquela boneca que você ainda guarda no armário? Ou aquele jogo de tabuleiro que você ganhou de presente na infância e quase nunca brincou? Eles podem valer uma pequena fortuna!

Segundo o E-konomista, alguns brinquedos antigos, principalmente dos anos 1980 e 1990, podem ser considerados raros, dada a dificuldade de encontrar exemplares parecidos ou até mesmo por serem parte de coleções específicas. Vale então a regra de oferta e demanda: vários colecionadores disputando uma mesma peça encarecem o valor do objeto em questão.

Sendo assim, alguns desses brinquedos podem valer um bom dinheiro, se vendidos para o público interessado. Veja alguns desses itens e, quem sabe, descubra se há um dinheiro extra, em formato de brinquedo, guardado bem no fundo do seu armário.

BONECO DO FOFÃO – R$ 280,00

Réplica do personagem infantil Fofão, o boneco chega a valer quase 300 reais. Mas precisa ser o original, fabricado pela Estrela, na década de 80.

GAME BOY – R$ 2.910,15

Esse videogame portátil pode ser vendido por até 880 euros, cerca de R$ 2.910,15. Para atingir esse valor, o game deve estar dentro da sua caixa original.

GELOUCOS – R$ 360,00

O preço cotado vale para a coleção completa dos bichinhos vendidos pela Coca-Cola, e que viraram mania entre a criançada da década de 90. Encontrar um que brilhava no escuro era demais!

IOIÔ DA COCA-COLA – R$ 500,00

Outro item muito apreciado pelos colecionadores de brinquedos clássicos é o ioiô da Coca-Cola. Na época em que foram vendidos, as competições eram apreciados por expectadores atentos às acrobacias e às escapadas do ioiô das mãos dos colegas.

MEGAZORD – R$ 1.000,00

Em certo momento dos episódios do seriado Power Rangers, os heróis juntavam suas forças para enfrentar monstros gigantescos: assim surgia o robô Megazord. Se você tem a réplica do robô em casa, também consegue um bom dinheiro vendendo-a.

MORANGUINHO – R$ 550,00

A boneca Moranguinho, famosa pelo desenho, dentro da caixa, pode ser vendida por até R$ 550,00. A coleção da marca Estrela conta com outras bonecas, como a Goiabinha, e que valem o mesmo preço.

POGOBOL – R$ 300,00

Se você brincou demais com o seu Pogobol, pode ser que ele não esteja em condições de ser vendido, já que esse brinquedo usava um pouco mais de força física que os outros citados na lista. Mas, se o seu ainda está guardado, ele pode valer até 300 reais.

SUSI PATINADORA – R$ 3.500,00

Por muito tempo, a Susi foi considerada “a prima pobre da Barbie”. Mas, como o mundo gira e as coisas mudam, hoje o modelo patinadora da boneca pode ser vendido por quase 4 mil reais em alguns sites e leilões.

TAMAGOCHI – R$ 280,00

Lembra da febre mundial que foi o Tamagochi? Também conhecido como “Bichinho Virtual”, o desafio do game era cuidar do seu monstrinho desde o nascimento até sua morte. Sim, eles sempre morriam!

TAZOS – R$ 2.499,00

Os tazos vinha dentro de pacotes de salgadinho e estimulavam a disputa entre amigos. Entre os itens como porta-tazos, tapete tazos, entre outros, o mais cobiçado era o álbum capa dura, em formato de fichário. O preço pedido por quem vende esse kit completo pode chegar até 3 mil reais.

Conservação

Vale lembrar que, para valer esses preços,os brinquedos devem estar em perfeito estado de conservação. O ideal é que os itens estejam em suas respectivas embalagens originais. Essas, por sua vez, devem estar lacradas.

Alguns compradores são um pouco menos exigentes quanto ao lacre na embalagem, mas é fundamental que o produto esteja conservado como se nunca tivesse sido usado, mesmo que ele seja antigo. Afinal, esse também é um critério de avaliação que interfere no valor do brinquedo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *