Desembargadora entra no circuito da briga política em Palmeira dos Índios

Por Edmilson Teixeira de Lima

Uma semana bastante agitada no campo político; assim é o que podemos encarar o clima ocorrido nesses últimos quatros dias na cidade de Palmeira dos Índios. Tudo começou na terça-feira, quando a jornalista Grazi Duarte publicou em sua  página do Facebook, um amplo comentário crítico sobre a atual gestão do prefeito Júlio Cezar, sobretudo amparada com as informações expostas no Portal Transparência da Prefeitura. O foco da crítica foi o nepotismo na administração pública, envolvendo familiares de vereadores que foram nomeados para cargos bem elevados financeiramente.

Como o fato foi publicado do Facebook, o que não faltou foi críticas por parte dos internautas, entre eles, a desembargadora do TJ/AL, Elizabeth Carvalho, até porque ela é natural da cidade e tem o sobrinho, Dr. Márcio Henrique como vice-prefeito.

“O prefeito tem que mudar já, está precisando usar os competentes e deixar de lado os politiqueiros e puxa saco. Presta atenção, Márcio Henrique, você pode está sendo traído! Márcio Henrique se nada mudar, pule fora, porque você não comunga com nada disso, que eu sei”, disse Beth Carvalho, apimentando num recado ao prefeito Júlio Cezar: mude, prefeito; converse menos e haja mais.

Na sessão ordinária do dia seguinte, o vereador Fabiano Gomes (PSC), teve a ousadia de usar a tribuna da Casa e em seu discurso desconexo, se posicionou contrário à matéria veiculada, afirmando que a esposa foi nomeada e que ajudaria primeiramente a família e depois o povo. “A mídia é desocupada” chegou a dizer em tom de desabafo o parlamentar.

Mediante tanto barulho depois dessa publicação, a desembargadora comentou nesta sexta-feira, nas redes sociais, um recado direcionado ao presidente da Câmara, Júnior Miranda, ao saber que o parlamentar andou criticando seu posicionamento. Mas na verdade nosso Blog apurou, que as críticas partiram dos vereadores  Fabiano Gomes e Agenor Leôncio

Veja na íntegra abaixo, seu recado;

Nota de Esclarecimento: Quero avisar ao presidente da Câmara de Vereadores de Palmeira dos Índios, Júnior Miranda, que estou no aplicativo Facebook, como cidadã, BETH CARVALHO BETH. Não estou aqui como desembargadora. Portanto, que fique claro, que meu Facebook é particular, pessoal e não institucional. Aqui, não represento o Poder Judiciário de Alagoas.

E outra coisa relevante, é que postei um comentário no Facebook Estadão Alagoas, da jornalista Grazi Duarte, onde comento sobre a gestão do prefeito Júlio César. Em nenhum momento, mencionei qualquer vereador. Então, sejam prudentes, releiam meu comentário e cuidem em trabalhar pelo povo de Palmeira.
Estamos na vigência de um Estado Democrático de Direito, onde existe a respeitosa liberdade de expressão.

Contato:

Em contato com o vereador Júnior Miranda, ele afirmou a nossa reportagem, que desconhece qual foi o momento em que andou criticando a desembargadora. “Eu tenho a maior admiração pela Dra. Elizabeth, sobretudo pela idade e a competência  profissional à frente de seus trabalhos como uma desembargadora, nos orgulhando como nossa conterrânea. Preferi silenciar sobre esses fatos, respeitando sua opinião e os demais que se posicionaram sobre a matéria; até porque somos pessoas públicas”, disse Miranda.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *