Depois dos EUA, tempestade de neve paralisa o leste do Canadá

Em algumas regiões a neve acumulada chegou a 60 cm. No total, quatro pessoas morreram no país.

Acidentes em série, transportes afetados, escolas fechadas e cortes de energia elétrica: a tempestade de neve que afetou o nordeste dos Estados Unidos chegou ao leste do Canadá nesta quarta-feira (15), deixando quatro mortos.

A tempestade, com ventos de entre 100 e 140 km/h, estabeleceu desde terça-feira um corredor entre o sul de Quebec e o norte do estado de Nova York, o que paralisou as atividades até as províncias da costa do Atlântico.

Em algumas regiões a neve acumulada chegou a 60 cm. Nos casos de Montreal e Quebec, o acúmulo fica entre 30 e 40 cm.

Na estrada entre Toronto e Montreal, perto de Kingston, um trecho de 16 km permanecia fechado após um engavetamento em que estiveram envolvidos vários caminhões. Um motorista morreu.

Outras duas pessoas faleceram em acidentes, e um homem de 58 anos morreu após ser atropelado por um caminhão limpa-neve.

A neve não dava trégua na manhã desta quarta-feira ao longo do rio Saint-Laurent, na península de Gaspé e na Nova Escócia, mais ao leste, de acordo com o serviço de meteorologia Environnement Canada.

Após vários acidentes em série, as estradas permaneciam fechadas nesta quarta-feira. Mais de 300 veículos continuavam bloqueados há mais de 12 horas nos acessos ao aeroporto de Montreal.

As máquinas para retirar neve não conseguiram se aproximar para desbloquear as avenidas. Os bombeiros foram enviados para prestar socorro.

Após o cancelamento de milhares de voos na terça-feira nos Estados Unidos e Canadá, a situação permanece caótica nos aeroportos.

g1

15/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *