Adolescente morre asfixiada após briga dentro de escola

Testemunhas relatam que confusão envolvendo colegas de classe resultou na morte da jovem

Uma adolescente de 14 anos morreu asfixiada após uma briga dentro da escola onde estudava na cidade de Cachoeirinha, na região metropolitana de Porto Alegre. Conforme o laudo do Departamento Médico Legal (DML), a jovem identificada como Marta Gonçalves morreu vítima de enforcamento.

Inicialmente a escola havia relatado à imprensa que a menina não apresentava lesões aparentes, levantando a hipótese de morte súbita, que foi refutada pela perícia.

O caso foi registrado ainda na tarde da quarta-feira, na escola Escola Estadual Luiz de Camões. Conforme o relatos de colegas que testemunharam o caso, uma briga entre colegas dentro de uma sala de aula teria resultado nas lesões. Informações da polícia dão conta de que os músculos do pescoço da jovem foram rompidos, tamanha a força empregada na agressão.

A adolescente foi encontrada por alunos e professores já caída, convulsionando. A polícia investiga, agora, se a briga e as agressões tem relação com os ferimentos que causaram a morte da garota. Professores e alunos já foram ouvidos pela polícia e liberados.

terra

09/03/2017

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *